Galeano

TEMAS


Galeano



Marcos Aurélio Galeano, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro ou volante.

É um dos jogadores que mais vestiu a camisa do Palmeiras, onde conquistou, entre outros títulos, a Copa Libertadores da América de 1999. Atualmente, é supervisor de futebol da equipe paulistana.

Galeano marcou sua carreira defendendo o Palmeiras, clube onde iniciou profissionalmente aos 17 anos em 1989, quando foi lançado pelo então treinador Émerson Leão em uma partida contra o Fluminense.

No clube gaúcho, ajudou na conquista do título da Série B de 1994.

Pelo time paulista, o volante participou das campanhas campeã do Paulista de 1996, da Copa do Brasil de 1998, da Mercosul de 1998, da Libertadores de 1999, do Torneio Rio-São Paulo de 2000 e Copa dos Campeões do mesmo ano.

Sempre determinado, o jogador chegou a ser capitão do Palmeiras em algumas oportunidades. Ficou conhecido também pelas alcunhas de "Senhor Palmeiras" e "Guerreiro do Verdão". Está entre os maiores ídolos da história do Palmeiras.

Em meio à reformulação de elenco feita por Vanderlei Luxemburgo no meio de 2002, Galeano deixou o clube e seguiu para defender o Botafogo.

No alvinegro, tinha status de capitão em algumas oportunidades e também era o batedor oficial de pênaltis da equipe. Porém, o destino pregaria uma peça em sua, até então, boa passagem pelo clube da estrela solitária.

O cabeça-de-área, que era um dos poucos jogadores que se destacavam na pífia campanha do Botafogo naquele Brasileirão, jogaria numa quarta-feira contra sua ex-equipe, o Palmeiras. No início da semana, Galeano declarara à imprensa que caso marcasse um gol naquele jogo, não iria comemorar.

Após um ano no exterior, Galeano voltou para defender Bahia e Figueirense em 2004.

No clube baiano, chegou a marcar um gol de bicicleta na decisão do Campeonato Baiano contra o Vitória. Em 2005, passa a atuar efetivamente como zagueiro na Ponte Preta, onde foi capitão durante toda a temporada.

No ano seguinte, atuou por Fortaleza e Goiás. Jogou também no Sertãozinho Futebol Clube, onde novamente foi capitão e destaque da equipe no Campeonato Paulista.

Antes de encerrar sua carreira, passou pelo Ituano Futebol Clube onde anunciou sua despedida do futebol no dia 2 de dezembro de 2008 para se tornar dirigente do mesmo clube.

Em abril de 2010, Galeano aceitou proposta para voltar ao Palmeiras como supervisor de futebol.

Temas de Trabalhos

- Presença Vip
- Mestre de Cerimônias