Marcelinho Carioca

TEMAS


Marcelinho Carioca



Marcelo Pereira Surcin, mais conhecido como Marcelinho Carioca, é um ex-futebolista que atuava como meia, ex-cantor, ex-repórter, jornalista, redator, empresário e político brasileiro.

O jogador ficou conhecido por suas habilidades em cobranças de falta, ganhando o apelido de "Pé-de-Anjo".

Considerado por muitos um dos maiores ídolos da história do Corinthians, Marcelinho marcou 224 gols em 423 partidas entre 1994 e 2001.

Além de ser o jogador que mais ganhou troféus com o Corinthians do que qualquer outro jogador em sua história, um total de 10 campeonatos, incluindo os Campeonatos Brasileiros de 1998 e 1999 e a primeira edição do Mundial de Clubes da FIFA, em 2000.

Advindo de familia humilde, o jogador que era filho de um gari com uma empregada doméstica foi descoberto aos 14 anos de idade no Madureira e trazido à Gávea em virtude das suas boas atuações nos campeonatos juvenis. No rubro-negro carioca, ascendeu ao clube profissional em pouquíssimo tempo.

Aos dezesseis anos, promovido por Telê Santana, Marcelinho se viu obrigado à substituir ninguém menos que Zico num Fla-Flu, daí se sucedeu uma sequência de atuações bem sucedidas que puseram o atleta na posição de um dos ídolos formados na Gávea.

Com a perda de um pênalti na final da Copa dos Super Campeões da Libertadores em 1993 contra o São Paulo, Marcelinho cou bem marcado, mas ai a diretoria do Flamengo negociou o jogador, contra sua vontade, com o Corinthians.

Mas foi ao chegar no Parque São Jorge que uma carreira vitoriosa estava começando, por sua extrema habilidade e competência em bolas paradas e pelo seu pequeno pé (calçava chuteiras número 36), Marcelinho foi apelidado de Pé de Anjo por torcedores e jornalistas.

Após diversos títulos, foi vendido, em 1997, para o Valência, da Espanha.
Mas teve retornorno e em 1997 a 2000 Marcelinho foi o ídolo maior de um time recheado de estrelas, responsável pela mais vitoriosa temporada do Corinthians

No início de junho de 2007, Marcelinho declarou ter recebido uma proposta para voltar a jogar pelo Timão. Em 12 de junho, em comunicado oficia.

No mesmo dia por volta das 20 horas, recebeu a notícia do diretor de futebol do Corinthians, Mário Gobbi Filho, de dispensá-lo oficialmente de qualquer outra participação junto ao clube, trabalhando apenas na parte de publicidade do clube. - Foi uma festa muito justa para ele por tudo que fez pelo clube.

Atualmente defende o Corinthians no futebol de areia e veste a camisa.

Tipos de Trabalho

- Esportes
- Futebol
- Presença Vip