Eder Aleixo

TEMAS


Eder Aleixo



Éder Aleixo é Ex-Jogador de Futebol. Atuava como ponta-esquerda, com destacadas passagens pelo Grêmio no final dos anos 70 e pelo Atlético Mineiro nos anos 80. Revelado pelo América Mineiro, iniciou sua carreira em 1973 nas categorias de base do Coelho, como ponta-esquerda.

Após se transferir para o Grêmio em 1977, onde conquistou 2 edições do Campeonato Gaúcho (1977 e 1979), foi comprado por um dos rivais do América, o Atlético Mineiro, em 1979. Lá, permaneceu a maior parte de sua carreira, o que lhe rendeu convocações para a Seleção Brasileira durante muitos anos. Foram 4 passagens pelo Atlético, sendo que a mais conhecida durou entre 1979 e 1985, conquistando 5 campeonatos mineiros (1980, 1981, 1982, 1983 e 1985) e o Torneio de Paris de Futebol em 1982. Éder ainda receberia a Bola de Prata do Campeonato Brasileiro em 1983.

Voltou ao Atlético em 1989, após passagem pelo futebol turco, onde jogou por Malatyaspor. Antes, havia passado por Inter de Limeira, Palmeiras, Santos, Sport Recife, Botafogo, Atlético Paranaense e Cerro Porteño.

Na reta final de sua carreira, Éder passou novamente pelo Atlético Paranaense, em 1991, e pelo União São João, onde jogou até 1992. Teve ainda uma curta e surpreendente passagem pelo Cruzeiro, em 1993, onde conquistou sua única Copa do Brasil. Defendeu o Atlético pela última vez entre 1994 e 1995, ano em que voltaria a vestir a camisa do União São João, atuando pelo clube paulista até 1996.

Jogou ainda por alguns meses no Conquista e no Gama. No "mata-mata" do Campeonato Mineiro de 1997, o "Bomba" (apelido que ganhou em função de seus chutes fortes com o pé esquerdo) foi contratado pelo Montes Claros, aos 39 anos de idade, mas sua experiência não foi suficiente para que o clube do norte mineiro superasse o Cruzeiro, que venceu as 2 partidas. Éder encerrou a carreira pouco tempo depois. Hoje em dia, é empresário e comentarista esportivo na TV Globo em Minas, e também dono de várias escolinhas de futebol. Chegou a trabalhar como diretor de futebol do Atlético, até 2004.

Éder jogou 368 jogos e marcou 122 gols pelo Galo. Também jogou 52 partidas (5 não oficiais) pela Seleção Brasileira, entre 1979 e 1986. Atuou na Copa de 1982. Seu apelido era O Canhão, uma vez que era considerado um jogador com um chute muito potente. 

Atualmente Eder Aleixo é o coordenador do projeto Galo Forte, Uma criação que permite a observação de todas as camadas jovens do clube, o que ajuda muito no trabalho de montagem e observação de jogadores.

Tipos de Trabalhos:

- Esportes
- Mestre de Cerimônias
- Presença Vip

AT 01-20