Serginho Chulapa

TEMAS


Serginho Chulapa



Serginho Chulapa assim conhecido, mas seu nome de batismo é Sergo Bernadino nascido em São Paulo, na data de 23 de dezembro de 1953, é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.

Jogou no Corinthians, Marítimo Funchal (Portugal), Atlético Sorocaba,6 Portuguesa Santista e São Caetano, encerrando a carreira em 1993.

Aos 12 anos, Serginho começou a jogar em times de várzea da zona norte de São Paulo, como o Cruz da Esperança e o Vasco da Gama. "Se não tivesse ido para o esporte, certamente estaria na criminalidade", avalia hoje, em referência ao projeto social desses times.

Depois de ser dispensado dos juvenis da Portuguesa, em 1968,chegou a trabalhar como entregador de leite e ajudando sua mãe colocando etiquetas em cortinas e camisas, Serginho participou, em 1970, de uma peneira na Casa Verde.

Sua atuação encantou o técnico dos juvenis do São Paulo,1 que o chamou para jogar em seu time.

Sua estréia no elenco profissional do São Paulo foi promovida pelo técnico Telê Santana, em um amistoso contra o Bahia, em 6 de junho de 1973. Quatro dias depois, marcou seu primeiro gol como profissional, no empate em 1x1 contra o Corinthians.

Naquele mesmo ano, foi emprestado ao Marília, voltando ao São Paulo em 1974.3

Pelo São Paulo, jogou, entre 1973 e 1982, um total de 401 partidas (210 vitórias, 113 empates e 78 derrotas) e marcou 243 gols, tornando-se até hoje o maior artilheiro da história do clube.

Nesse período, conquistou o Campeonato Paulista de 1975, 1980 e 1981 e o Campeonato Brasileiro de 1977.

Era nome certo para a Copa de 1978,4 porém acabou perdendo a chance de jogar quando teve que cumprir um ano de suspensão por agredir um bandeirinha.

Também jogou no Santos, chegou já experiente, com 29 anos, e por isso mesmo evitou o rótulo de "salvador da pátria".

A partir de 1983, conquistou a artilharia do Campeonato Brasileiro e a artilharia e o gol do título no Campeonato Paulista de 1984 contra o seu maior rival, o Corinthians, por 1 x 0.

Ao todo, marcou 104 gols com a camisa do Santos e, junto do ponta-esquerda João Paulo e do atacante Neymar, é um dos dois maiores goleadores da equipe após a Era Pelé.

Tipos de Trabalhos

- Esportes
- Presença Vip
- Futebol