Nelson Freitas

TEMAS


Nelson Freitas



Nelson Cândido Motta Filho, ou apenas Nelson Motta, pode ser considerado um dos primeiros tradutores  do conceito "multimídia" do Brasil. Compositor, escritor, jornalista, palestrante, letrista e produtor musical, o paulistano foi morar com os pais no Rio de Janeiro quando tinha apenas seis anos de idade. E lá testemunhou e influenciou tudo o que aconteceu na música a partir do surgimento da Bossa Nova.

É autor de cerca de 300 músicas e entre seus parceiros estão Lulu Santos, Rita Lee, Ed Motta, Guilherme Arantes, Dori Caymmi, Marcos Valle, Guinga, Max de Castro, Erasmo Carlos, João Donato e a banda Jota Quest. Algumas de suas composições se tornaram clássicos da MPB: “Como Uma Onda”, “Perigosa”, “Dancin’ Days”, “Coisas do Brasil” e até a famosa canção de fim de ano da TV Globo “Um novo tempo”.

Trabalhou como diretor-artístico da gravadora Warner Music, produtor da Polygram, produziu discos e dirigiu shows de gente como Elis Regina, Marisa Monte, Sandra de Sá, Elba Ramalho, Djavan e Daniela Mercury.

Escreveu, entre muitos outros, os best-sellers "Noites Tropicais" e "Vale Tudo - O som e a fúria de Tim Maia" (ambos pela editora Objetiva), que, juntos, venderam mais de 300 mil cópias. Este último deu origem a peça “ Tim Maia – Vale tudo, o musical “, que se tornou o maior fenômeno de bilheteria teatral em 2011.

Em 2013 estreou “ Elis o Musical” escrito junto com Patricia Andrade e mais uma vez se tornou um fenômeno de bilheteria permanecendo em cartaz por mais de dois anos.

Em 2015 Nelson repetiu a parceria com Patricia no musical “ Simonal “ Foi colunista dos jornais Última Hora, manteve uma coluna diária em O Globo de 73 a 81, de 2000 a 2005 na Folha de São Paulo, e desde 2009 escreve colunas semanais no jornal O Globo . Na TV, trabalhou na produção do programa Sábado Som, pela Rede Globo, e do festival Hollywood Rock. Idealizou e formatou programas como Chico e Caetano e Armação Ilimitada, além de ter participado do programa Manhattan Connection, primeiro programa da TV a cabo brasileira.

Foi co-roterista da minissérie “O Brado Retumbante“ e no segundo semestre de 2012 teve seu livro “O Canto da Sereia“ adaptado e transformado em micro-série, ambos na TV Globo.

Apresenta também uma coluna semanal no Jornal da Globo , sobre cultura e comportamento e apresentou o programa musical diário Sintonia Fina até 2011 em várias rádios do país.

É curador do Festival Sonoridades, que teve sua quinta edição em dezembro de 2015. Em 2014 Nelson celebrou seus 70 anos com o lançamento de um CD (Nelson 70) com músicas de sua autoria interpretadas por nomes da MPB como Lenine, Marisa Monte, Ana Cañas, Silva, Gaby Amarantos dentre outros; o livro “As Sete Vidas de Nelson Motta” uma compilação de crônicas escritas durante sua carreira como jornalista e o documentário “Nelson 70“ exibido pelo Canal Brasil. Nelson ganhou o Prêmio APCA 2014 na categoria Música Popular e o Prêmio “Faz Diferença 2015“ - Categoria Música – Segundo Caderno.

Temas de Palestras:

- Comunicação Corporativa - Expressão Verbal
- Cultura
- Empreendedorismo
- Ética
- Motivação
- Protagonismo
- Resiliência
- Superação de Desafios / Mudanças
- Trabalho em Equipe / Disciplina
- Treinamento e Desenvolvimento

Tipos de Trabalhos:

- Humoristas / Stand Up
- Presença Vip
- Mestre de Cerimônias

AT 01-20