Guta Stresser

Guta Stresser

Guta Stresser

TEMAS


Guta Stresser



Desde entao tem uma série de trabalhos amplamente reconhecidos por público e crítica, dentre eles: 'O Vampiro e a Polaquinha' (1992), de Dalton Trevisan com direção de Ademar Guerra; a montagem foi encenada por ocasião da inauguração do Teatro Novelas Curitibanas e acabou ficando 4 anos em cartaz, tornando-se o maior sucesso da história do teatro paranaense.

Já radicada no Rio de Janeiro, Guta estrelou 'O Casamento' de Nelson Rodrigues, com direção de Antonio Abujamra e João Fonseca. 'Mais Perto', de Patrick Marber, com direção de Hector Babenco. 'Mais Uma Vez Amor', de Rosane Svartman, Lulu Silva Telles e Ricardo Perroni, com direção de Ernesto Piccolo. 'Rita Formiga', de Maria Gladys e Domingos de Oliveira, que autor e diretor do espetáculo. 'Primeira Chuva no Deserto', de Ana Paula Pedro e Geraldo Carneiro, com direção de Camila Amado.

Mais recentemente, em 2010, Guta entrou na pele da pantagruélica cafetina Madame Duclos, no espetáculo 'Sade em Sodoma', de Flávio Braga com direção de Ivan Sugahara; e em 2011 na peça 'As Próximas Horas Serão Definitivas', de Daniela Pereira de Carvalho e direção de Gilberto Gawronski.

No cinema, o primeiro papel de Guta foi no filme 'O Esôfago da Mesopotâmia', de Isaac Chueke; e logo em seguida 'Bar Babel', de Antônio Augusto, ambos média-metragem, rodados em 1999. Alguns anos mais tarde, em 2002, ela voltou a Curitiba para filmar o premiado curta-metragem 'Do tempo que eu comia pipoca', com a direção de Heloísa Passos.

Guta também fez participações especiais em outros filmes de sucesso, como: 'A Partilha' (2001), de Euclydes Marinho, João Emanuel Carneiro e Miguel Falabella, com direção de Daniel Filho; 'Bellini e a Esfinge' (2002), de Tony Bellotto com direção de Roberto Santucci e 'Redentor' (2004), de João Emanuel Carneiro e Elena Soarez, com direção de Cláudio Torres.

Seu primeiro papel como protagonista em um longa-metragem foi em 2004, quando interpretou Nina, em 'Nina, o filme' do consagrado diretor Heitor Dhalia. Em 2007 Guta interpretou Bebel, em 'A Grande Família: o filme', de Guel Arraes e Cláudio Paiva, com direção de Maurício Farias.

Na televisão Guta está interpretando, desde 2001, a adorável Isabel 'Bebel' Carrara, personagem de um dos seriados de maior sucesso de todos os tempos na televisão brasileira, 'A Grande Família', da Rede Globo, que está em sua 10ª temporada e continua tornando mais alegres as noites de quinta da família brasileira.

Tipos de Trabalho

- Presença Vip
- Mestre de Cerimônias