Marjorie Estiano

Marjorie Estiano

Marjorie Estiano

TEMAS


Marjorie Estiano



Aos 18 anos, apos concluir o curso técnico de artes cênicas no Colégio Estadual do Paraná, em Curitiba, Marjorie mudou-se para São Paulo, onde cursou a faculdade de Música por dois anos e, depois, Publicidade, por mais um ano. Nesse período, atuou em algumas peças de teatro e fez comerciais de televisão. Fez parte de um grupo de garçons cantores que faziam performances de clássicos do cinema, como Grease e Cabaret, chamado Cine in Show. Em 2002 participou do reality show Popstars, exibido pelo SBT, sendo aprovada nas primeiras fases.

Em 2003, após passar em um teste para cursar a Oficina de Atores da Rede Globo, Marjorie mudou-se para o Rio de Janeiro. Entrou para o elenco fixo de Malhação, no ano de maior audiência da novela adolescente, onde interpretou a personagem Natasha, baixista do grupo musical Vagabanda, que a tornou conhecida do grande público.

A partir de Malhação, Marjorie começou a gravar demos e a apresentá-los em gravadoras, até que a Universal Music aceitou lançar o CD, que começou a ser distribuído nas lojas no dia 30 de abril de 2005. Disco lançado, a cantora decidiu apresentar-se pelo Brasil e o espetáculo estreou em julho de 2005. No mesmo renovou seu contrato com Rede Globo, para participar da 12ª temporada de Malhação, como coadjuvante. Em novembro de 2005 Marjorie lançou o primeiro DVD que, além das músicas do CD de estreia, traz a leitura da cantora para os sucessos "Miss Celie's Blues", tema do filme The Color Purple (br: A Cor Púrpura); "Até o Fim", clássico de Chico Buarque; e "This Love", do Maroon 5, entre outros. O CD vendeu mais de 175 mil cópias e o DVD atingiu a marca de 42 mil cópias vendidas. Ambos foram lançados pela Universal Music.

Em 2006, Apôs fim da 12ª temporada de Malhação foi convidada para integrar o elenco da telenovela Páginas da Vida, de Manoel Carlos. Na trama ela viveu Marina, personagem que luta para tentar salvar o pai do alcoolismo, e também fazia parte da grande família Rangel de Andrade, onde tinha o patriarca Seu Tide (Tarcisio Meira) e sua mulher Lalinha (Glória Menezes). Como cantora, ganhou o Prêmio Multishow de Revelação, se impulsionando na carreira musical.
A atriz ao final da apresentação de Inverno da Luz Vermelha, ao lado de André Frateschi e Rafael Primot

Em 2007 Marjorie finalizou o segundo CD, Flores, Amores e Blábláblá, que incluiu uma canção de Rita Lee, uma canção da sua própria autoria, "Oh! Darling" (dos Beatles) e a canção "Espirais". No episódio da série Sob Nova Direção, Marjorie fez a personagem Nelly Li, uma mistura Nelly Furtado e Negra Li, e também cantou a canção "Espirais", do CD Flores, Amores e Blablablá, e a canção "O Rap da Gaguinha", com Ingrid Guimarães. No mesmo ano entra pro seleto grupo de protagonistas das novelas das oito da Globo, fazendo Maria Paula, uma jovem dividida entre o amor e o desejo de vingança, em Duas Caras. Criticada (prematuramente) no início da trama, acabou caindo no gosto do público, quando sua personagem voltou a relacionar-se com o antagonista/protagonista da trama, e a por em prática seu plano de vingança. Foi elogiada pelo autor da obra, Aguinaldo Silva, no Programa Video Show e em seu blog, por seu quase minimalismo ao interpretar a personagem, e chamada por ele de "a mocinha perfeita".

Em 2009, Marjorie foi convidada para participar de Caminho das Índias, novela de Glória Perez, na qual fez Tônia, uma personagem cômico/dramática que sofria com o namorado esquizofrenico. Paralelamente a Caminho das Índias filmou Malu de Bicicleta, sua estreia no cinema.

Em janeiro de 2010 estreou na peça Corte Seco, com direção de Christiane Jatahy. Também participou do episódio "Na saúde e na doença", do seriado S.O.S. Emergência, onde interpretou Flávia.

Durante entrevista Marjorie Estiano comentou seu trabalho na minissérie que seria exibida em janeiro de 2011, Amor em Quatro Atos. Em quatro capítulos, a obra foi baseada em quatro músicas de Chico Buarque; a atriz usou um aplique de cabelos ondulados para viver o papel. No capítulo "Ela Faz Cinema", Marjorie interpretou uma cineasta envolvida nas filmagens do clipe da música "Construção" e, no meio da episódio vai reclamar do barulho da obra do vizinho e conhece o personagem de Malvino, no papel de pedreiro. Em 24 de agosto de 2011 Marjorie assumiu o cargo de apresentadora do semanal Cine Conhecimento da TV Futura, um programa que apresenta filmes de vários países que focam questões atuais abordando técnicas, detalhes de produção, história, curiosidades, premiações e diferenças culturais.

Em 2011, Marjorie, viveu sua segunda protagonista em uma novela da Rede Globo, A Vida da Gente, onde interpretou Manuela, jovem deficiente, rejeitada pela mãe, que criou a sobrinha ao lado do parceiro da irmã, que passou cinco anos em coma, e acabou se envolvendo romanticamente com ele. Foi sua primeira novela do horário das seis.

Em 2012 Marjorie interpretou a fase jovem da personagem protagonizada por Fernanda Montenegro no filme O Tempo e o Vento, do diretor Jayme Monjardim e já está escalada para protagonizar a nova novela das seis, Lado a Lado, ao lado de Camila Pitanga. Na trama de João Ximenes Braga e Cláudia Lage que se passa no Rio de Janeiro entre 1903 e 1915, Marjorie é Laura, considerada pela sociedade carioca da época uma mulher a frente do seu tempo.

Tipo de Trabalhos
- Presença Vip
- Mestre de Cerimônias
- Show Musical