Silvio Luiz

TEMAS


Silvio Luiz



Silvio Luiz, nome artístico de Sylvio Luiz Perez Machado de Sousa, jornalista, e o locutor esportivo, o mais irreverente da televisão brasileira.

Descendente de espanhóis, por parte de mãe, a famosa locutora Elizabeth Darcy, que por muitos anos trabalhou na Rádio São Paulo, TVs Paulista, Cultura e Tupi, de São Paulo. Seu pai, o engenheiro eletricista Ademar Machado de Souza, faleceu cedo.

E Silvio, que estava com sete anos, passou a acompanhar a mãe em todos os lugares. E conheceu as rádios e emissoras de televisão.

Era “um fuçador”, como ele mesmo diz. Apaixonou-se por tudo. Gostava da contra-regra, da direção de tv, da camera, da produção, da iluminação.

Foi ator, apresentador, reporter e gostava também de esportes. Tinha vários times de futebol de botão, e com eles fazia os seus campeonatos que ele mesmo irradiava.

Tinha até patrocinador: “Cigarros Papagaio, cada tragada um desmaio! E isso fez com que, já adolescente, aos domingos, ia até a Rádio São Paulo – lo largo Pérola Bayton – jogar botão com o locutor comercial da emissora, Nelson de Arruda.

Foi nessa mesma Rádio São Paulo- agora já na Avenida Angélica, esquina com Alameda Barros – que deu os seus primeiros passos no mundo artistico.

Lembra até hoje. Waldemar de Morais, novelista e escritor tinha um programa chamado “Teatro das 5 Horas”. Um dia cançado da insistencia do Silvio, colocou- o para fazer “uma ponta”.

Era um carteiro. Sua primeira fala: – “Uma carta para o senhor !” Foi assim que tudo começou. Depois foi a TV Paulista, onde apareceu como reporter de campo, o primeiro da TV brasileira.

TV Record, duas vezes TV Excelsior, Rádio Bandeirantes, uma pequena passagem pelas Rádios, América, Record, Panamericana, hoje Jovem Pan.

Diz ele ser muito inquieto, mas a verdade é que na Record, em todas as duas vezes ficou por muitos anos.

Teve atividades variadas. Foi, por exemplo, diretor de programação em uma época em que a TV Record tinha 5 estúdios, 2 caminhões e 2 teatros.

Silvio Luiz coordenava tudo isso com agilidade e amor. Mas, a verdadeira paixão, ou a verdadeira vocação, era pelo esporte.

Mas tem uma coisa. Eu não vou contar aqui toda minha vida. Quem quizer saber mais, vai ter que comprar o livro OLHO NO LANCE, escrito por Wagner Willian, da Editoira Best Seller, lançado em 2002.

Em novembro de 2008, Silvio foi demitido da Rede Bandeirantes, assim como outros sete funcionários da casa.

Permaneceu, porém, no Grupo Bandeirantes, sendo utilizado no canal fechado BandSports, em que narrava jogos do Campeonato Português. Comandou também vários programas no canal.

Dias antes da Copa do Mundo de Futebol de 2010, na África do Sul, ao saber que não seria aproveitado pelo canal, pediu demissão e se desligou definitivamente do Grupo Bandeirantes.

Vale lembrar que o próprio Silvio, ao lado de Barbara Gancia, foi quem inaugurou o canal, fazendo sua primeira transmissão ao vivo.

Em 17 de setembro de 2010, Sílvio Luiz é anunciado como novo reforço da RedeTV!, emissora na qual irá cobrir a Série B, o Campeonato Italiano e a Liga Europa ao lado do ex-jogador Edmundo, este que alguns meses depois transferia-se para a Band.

Ainda continua cobrindo os eventos esportivos da emissora. Sendo que desde abril de 2013, Silvio apresentou o extinto Bola Dividida.

Em maio de 2016 foi afastado das transmissões da Série B. Após 3 sábados afastado, retornou as transmissões da Série B.

Tipos de Trabalhos:

- Comentarista Esportivo
- Moderador de Debates
- Jornalista Esportivo
- Jornalista
- Apresentador

AT 08-09