Flavia Cintra

TEMAS


Flavia Cintra



Flávia Cintra - A verdadeira Luciana de "Viver a Vida"

A jornalista Flávia Cintra possui mania de dizer que fez 18 anos duas vezes na sua vida. Na primeira etapa, curtiu a infância e a adolescência como qualquer pessoa normal. Na segunda etapa, ela se estabilizou como profissional no mercado, se casou e deu à luz de gêmeos, como qualquer pessoa normal. Só que existe uma pequena diferença entre as duas etapas da sua vida: uma cadeira de rodas.

A inspiração de Luciana, na novela "Viver a Vida", sofreu um acidente de carro aos 18 anos, em uma rodovia de São Paulo, perdendo todos os movimentos. Ela passou por um duro processo de aceitação (como acontece na maioria dos casos), mas descobriu novemante motivos para sorrir. A história de Flávia chamou a atenção da produção da novela global "Viver a Vida", e hoje ela se tornou consultora de Manoel Carlos para a personagem de Luciana (interpretada por Alinne Moraes).

A jornalista, fala sobre essa mudança repentina na vida, quando nós não escolhemos e somos obrigados a aceitar uma nova realidade a ser vivida.

"Eu tive, como todo mundo, uma construção de degrau a degrau. Em um primeiro momento, quando saí do hospital e fui para a fisioterapia, eu tive contato com outras pessoas que estavam em situação semelhante, uns piores e uns melhores. E eu me aproximei dos melhores. Eu analisei as coisas interessantes que poderia fazer daquele jeito. Mas eu ainda achava que poderia voltar a andar. Eu não ia ao cinema quando convidavam, por exemplo, porque dizia que quando voltasse a andar teria tempo de ir", disse Flávia.

"Quando eu tive certeza que não ia voltar a andar, eu já tinha descoberto que não era o fim do mundo. Me consolidei como profissional, filha, amiga, depois como mulher, e como mãe. Ainda não acho que estou pronta. Mas não sei se seria diferente se estivesse andando. Todo mundo erra e acerta na vida. A deficiência é uma característica que à vezes desaparece, e às vezes fica gigante. Tem horas que acho ruim e outras que eu até gosto", confessa Flávia, no papel de consultora técnica de Manoel Carlos.

O trabalho de Flávia com a produção de "Viver a Vida", têm o objetivo de orientar Alinne com seus pensamentos, posições e ações, para que ela possa sentir e viver em um ambiente como uma cadeirante, sendo esta a situação que a atriz irá interpretar daqui para frente na novela.

Atualmente, Flávia faz inúmeras atividades, sendo a maioria delas, focada na inclusão de pessoas com deficiência física. Além disso, ela possui dois filhos para cuidar. Os gêmeos Mateus e Mariana.

"Eu gosto de fazer tudo bem feito e gosto de saber de tudo. Então, quando descobri que estava grávida e ainda por cima de gêmeos, eu tratei de começar a estudar. E eu vi que muito médicos desencorajam mulheres como eu a engravidar, por pura falta de informação. O índice de câncer de colo de útero em cadeirantes é superior às mulheres normais, porque muitos médicos acham que nós não temos vida sexual ativa. É um absurdo", afirma ela.

Os gêmeos Mateus e Mariana chegaram de forma espontânea na vida de Flávia, e abriram muitas portas para outras cadeirantes que sonhavam em engravidar. Hoje ela brinca que se considera "mãe das grávidas". "Conto minha histórias, acompanho outras. É preciso que alguém informe. Meus filhos são meu maior projeto. Hoje, meu primeiro compromisso é ter um tempinho no dia para ficar em casa com eles, fazer almoço, colocar para dormir", disse Flávia.

"Viver a Vida hoje para mim é estar do lado dos meus filhos à noite, e depois de colocá-los para dormir sentir aquela coisa gostosa, de que eles estão bem", finaliza a entrevista.

Temas das Palestras

Motivação

Superação de desafios