Oscar Filho

TEMAS


Oscar Filho



Oscar Filho, nome artístico de Oscar Francisco de Moraes Junior é um apresentador de TV, Ator, Repórter, Humorista e Escritor. No humor desde 2003, é reconhecido como um dos precursores do movimento do stand-up comedy no Brasil em 2005 fundando o Clube da Comédia Stand-up, responsável pelo movimento inicial em São Paulo. Estreou seu solo de stand-up, "Putz Grill..." em 2008, e continua em cartaz até hoje, 11 anos depois, além de ter participado de inúmeros programas e documentários sobre stand-up na TV e internet. Escreveu seu primeiro livro, Autobiografia Não Autorizada em 2014 com prefácio de Danilo Gentili.

Estreou na TV em 2008 com o programa CQC - Custe o Que Custar, na Band. Em canais fechados, fez um especial de stand-up para o Comedy Central, participou do reality show de sobrevivência Desafio Celebridades no Discovery e de siticons no canal Multishow como Aí Eu Vi Vantagem e três temporadas do Xilindró. De volta à TV aberta, participou do programa Tá no Ar, na Globo, da quarta temporada do Dancing Brasil na Record, da série documental Era Uma Vez Uma História na Band e, atualmente, co-apresenta o Programa da Maisa no SBT e na FOX.

- 1991: Início no teatro amador:

Oscar filho começou a vida artística no teatro amador em 1991, aos 13 anos em sua cidade natal, no grupo de teatro infantil chamado Estar Feliz, da educadora Isis Gonçalves. Logo após, montou um grupo chamado "O Rato Não Era Aquele" produzindo a peça "Desculpem, Acho Que Entrei Na Peça Errada..." entre outras.

Em 1996, aos 18 anos, ganhou o primeiro lugar no 12° concurso de Contos e Poesias de Atibaia com o conto O Baú representando a cidade no Mapa Cultural Paulista em 1997.

- 2000 - 2004: Início de carreira:

Em 2000 mudou-se para a capital paulistana para iniciar seus estudos nas artes cênicas e formou-se em 2003 pelo INDAC - Instituto de Arte e Ciência. No mesmo ano, atuou na peça A Matéria dos Sonhos, de Fábio Torres, indicada a 3 prêmios.

Em 2002, trabalhou como mímico na CET ensinando as pessoas a atravessarem a rua.

Em 2003 formou o grupo OsCretinos apresentando-se até 2005 em vários teatros de São Paulo, inclusive com o grupo Terça Insana.

- 2005: Início no stand-up comedy

Um dos fundadores do Clube da Comédia Stand-Up, em São Paulo em 2005, participou de diversos shows e festivais de humor pelo país como o Risadaria, Terça Insana e Nunca se Sábado em São Paulo, Risorama e Comédia em Pé no Rio de Janeiro.

Em 2006 gravou um audiolivro com suas histórias cômicas junto com o Clube da Comédia e participou do primeiro projeto de humor stand-up patrocinado por uma empresa em diversos bares de São Paulo.

- 2008 - 2014: CQC - Custe o Que Custar

Foi contratado pela Band em fevereiro de 2008 para integrar o quadro de repórteres do programa CQC - Custe o Que Custar a partir de suas apresentações de stand-up comedy como cita o jornal O Estado de S.Paulo. O apelido do humorista no programa era Pequeno Pônei.

Em 2011, virou desenho do Maurício de Souza num gibi da Turma da Mônica. No mesmo ano, ele e a sua equipe foi conduzida à delegacia por usar uma farda policial em uma das gravações.

Em 2012, sua imagem foi usada como propagando eleitoral por um candidato a vereador em Unaí, Minas Gerais.

- 2019: Programa da Maisa e novo solo de humor

Em fevereiro de 2019, foi contratado pelo SBT para co-apresentar o Programa da Maisa. No programa, Oscar Filho ganhou o apelido de Unicórnio em alusão ao seu apelido no programa em que ficou nacionalmente famoso, o CQC. O programa estreou sua 1° temporada no dia 16 de março de 2019.

Atualmente além de co-apresentar o Programa da Maisa na TV, apresenta também o Stalkshow e o Pergunte ao Unicórnio na internet, está em cartaz pelo 11° ano consecutivo, com seu show solo de stand-up comedy além de também estar em cartaz com a Cia do Stand-up no teatro. Oscar Filho é considerado um dos maiores talentos do humor no Brasil pelo jornalista Andreh Ponttez do site Coluna da TV.

Tipos de Trabalhos: 

- Show de Humor
- Mestre de cerimônias
- Presença Vip

AT 10-09