Rodrigo Raineri

TEMAS


Rodrigo Raineri



Rodrigo Raineri é um dos alpinistas mais experientes e técnicos do Brasil. Empresário, palestrante e escritor é referência nos segmentos em que atua.

Rodrigo conquistou mais um feito em agosto de 2016: tornou-se o único brasileiro a guiar no projeto Sete Cumes, que abrange as mais altas montanhas de cada continente.

Em 2013 tornou-se recordista brasileiro por escalar 3 vezes com sucesso o Monte Everest, a montanha mais alta do planeta a 8.848 metros. 

Rodrigo é autor dos livros No Teto do Mundo e Imagens do Teto do Mundo.

O segredo do sucesso das palestras é trabalhar cada apresentação, tornando-as únicas e exclusivas. Utilizando as expedições como pano de fundo, cada palestra é especialmente montada e direcionada ao público específico, de acordo com o cliente, perfil e quantidade de participantes. Um briefing também é realizado e os temas abordados podem variar de acordo com as necessidades detectadas.

Em uma apresentação dinâmica e envolvente, através de analogias o alpinista desperta a curiosidade e o interesse dos presentes para se superarem individualmente e em equipe, mantendo o espírito vencedor mesmo nas adversidades.

 Nos últimos meses o Rodrigo palestrou na Petrobras, Grupo Fleury, Fibria Celulose, Mercedes-Benz, Dupont, Royal Canin, Sodexo, Bemis, Syngenta, Monsanto. Palestrou para a Febraban no 6º Congresso Internacional de Gestão de Riscos e na RINEM.

Foi um dos palestrantes mais  bem avaliados no Expert 2017, o maior evento da América Latina para a indústria de investimentos.

Rodrigo Raineri é empresário, formado em Engenharia de Computação pela Unicamp, e ex-professor de pós-graduação do Senac, é um dos alpinistas mais experientes e técnicos do Brasil.

Escalador completo possui vasta experiência em rocha, gelo e alta montanha.

É o único brasileiro a guiar no projeto Sete Cumes, que abrange as mais altas montanhas de cada continente.

Em 2013 tornou-se recordista brasileiro por escalar 3 vezes com sucesso o Monte Everest, a montanha mais alta do planeta a 8.848 metros. Trabalha desde 1994 como profissional de esportes de aventura.

É alpinista, empresário, palestrante e escritor, e é referência nos segmentos que atua.

Com mais de 29 anos de experiência em montanhismo e atividades outdoor, Rodrigo Raineri idealizou e participou de diversos projetos, sendo 5 expedições ao Everest (duas pelo lado norte, China e três pelo lado sul, Nepal), a descida e medição da maior cachoeira do Brasil na Amazônia e a escalada da temida Face Sul do Aconcágua.

Entre seus projetos estão:

- Cume do Mont Blanc: 2017
- Cume do Elbrus: 2016
- Cume do Monte Vinson: 2015
- Cume do Monte Mckinley: 2014
- Cume da Pirâmide Carstensz na Oceania: 2013
- Cume do Everest (terceira vez): 2013
- Cume do Everest (segunda vez): 2011
- Cume do Kilimanjaro (segunda vez): 2010
- Vôo do Cume do Mont Blanc (terceira vez): 2009
- Cume do Everest (primeira vez): 2008
- Escalada do Everest sem oxigênio suplementar: 2006
- Escalada do Everest com oxigênio suplementar: 2005
- Escalada do Aconcágua no Inverno: 2004
- Maior tirolesa do Brasil na Pedra do Baú: 2003
- Conquista da Face Sul do Aconcágua: 2002
- Descida e medição da maior cachoeira do Brasil: 2001
- Escalada da Cabeça do Condor e Asa Esquerda: 2000
- Escalada do Aconcágua, rota noroeste: 1993, 1996, 1998, 2001, 2005
- Projeto Andes: 1998
- Abertura da Via de Escalada mais difícil de SP: 1997
- Escalada do Mont Blanc: 1993 e 1997
- Projeto Rope Swing: 1996

Temas de Palestras

- Motivação: motivar a equipe com o projeto, principalmente nos momentos mais difíceis.
- Comprometer toda a equipe com o projeto.
- Planejamento estratégico: conhecer as dificuldades e antever os desafios.
- Ousadia: Quebrar limites e mudar paradigmas.
- Trabalho em equipe: valorizar as diferenças e motivar o grupo.
- Perseverança: manter o espírito vencedor nas adversidades.
- Análise e gerenciamento de riscos: determinar os pontos críticos e encontrar caminhos para contorná-los.
- Aprendizagem: avaliar os resultados alcançados e planejar-se para o próximo desafio.
Como recurso auxiliar, o alpinista leva seu computador portátil e apresenta fotos e vídeos que mostram suas conquistas e o ajuda a ilustrar os desafios que encara, bem como as estratégias para vencê-los, tornando a palestra dinâmica e atraente