Ary Toledo

TEMAS


Ary Toledo



Nasceu em Martinópolis (que na época era distrito de Regente Feijó), mas foi criado na cidade de Ourinhos, ambas no estado de São Paulo. Ary Toledo mudou-se para São Paulo aos 22 anos, quando começou como ator no Teatro de Arena. Cinco anos mais tarde ingressou na carreira humorística, onde permanece até os dias atuais.

Cantor de estilo satírico, passou a apresentar shows em que conta inúmeras anedotas. Chegou a compilar mais de 30.000 piadas (antes da internet), que contava em shows, discos, programas de TV e livros. Corintiano, muitas das frases de português atrapalhado atribuídas ao folclórico presidente do clube paulista Vicente Mateus, foram criadas, adaptadas e popularizadas por Ary Toledo.

Em pleno período militar, disse em uma de suas apresentações: "quem não tem cão caça com gato, e quem não tem gato caça com rato" referindo-se ao ato institucional V. Imediatamente foi preso e logo liberado, devido ao grande carisma que tinha (inclusive para seus opressores).

É casado com a atriz Marly Marley (ex-vedete) há mais de 40 anos e não tiveram filhos.

Apesar de ter tido uma brilhante carreira como ator, foi na comédia que Ary Toledo tornou-se nacionalmente famoso. Interpretando piadas e anedotas de conteúdo vulgar e obsceno, contudo apreciadas pelo público por serem divertidas, o piadista arrematou grandes plateias.

Suas piadas normalmente estão baseadas em temas sexuais ou no humor negro e politicamente incorreto. Durante a época da ditadura, havia uma espécie de acordo com os censores. Os humoristas evitavam temas políticos e podiam fazer mais humor pornográfico. "Fui detido várias vezes. Quando saiu o Ato Institucional (AI), eu dizia no show que "quem tem cão, caça com gato e quem não tem cão, caça com Ato". Fui logo "convidado" pelas autoridades". A relação com os censores era curiosa, pois eles eram fãs de Ary e pediam desculpas.

Dentre os temas abordados em suas anedotas e piadas, frequentemente são citados animais falantes (principalmente os papagaios). Outros temas recorrentemente tratados por Ary Toledo em seus espetáculos são a suposta ingenuidade dos portugueses, a inocência (ou a falta dela) presente nas crianças, a malícia de certos profissionais, tais como médicos, a hipocrisia de líderes religiosos e a falta de decoro dos políticos brasileiros. Obviamente, trata-se de menções com propósitos humorísticos, não devendo ser levadas a sério pela plateia que acompanha a apresentação do artista.

Além dos espetáculos em salas de teatros, as piadas de Ary Toledo também podem ser ouvidas em CD's ou lidas em livros de anedotas que reunem coletâneas de centenas de piadas do autor.

Atualmente, Ary alega ter mais de 60.000 piadas no seu computador e considera-se um "garimpeiro do humor". A música é o principal passatempo de Ary Toledo, que toca vários instrumentos e já teve inúmeras músicas gravadas por grandes cantores. Além dos livros e discos, Ary ainda faz muitos shows e convenções.

Tipos de Trabalhos:

- Participação em Eventos de final de ano, datas comemorativas na empresa:

- Stand up

- Show de Humor

- Presença Vip

 

AT 09-08