Maurício de Sousa

Maurício de Sousa

Maurício de Sousa

TEMAS


Maurício de Sousa



Mauricio Araújo de Sousa é um cartunista, empresário e escritor. É um dos mais famosos cartunistas do Brasil, criador da Turma da Mônica e membro da Academia Paulista de Letras.

Queria viver profissionalmente do desenho e para isso em 1954 começou a procurar emprego de desenhista em São Paulo, mas só conseguiu uma vaga de repórter policial na Folha da Manhã. Passou cinco anos escrevendo esse tipo de reportagem, que ilustrava com desenhos bem aceitos pelos leitores. Maurício de Sousa começou a desenha histórias em quadrinhos em 18 de julho de 1959, quando uma história do cãozinho Bidu, seu primeiro personagem foi aprovado pelo jornal. As tiras em quadrinhos com o cãozinho Bide e seu dono, Franjinha, deram origem ao famoso menino de cabelos espetados Cebolinha, em 1960.

Atualmente Bidu, que é o animal de estimação de Franjinha, participa tanto com seu dono como em historinhas em que é o astro principal, dialogando com outros cães e até com pedras. Bidu é o símbolo da empresa de Mauricio, a Mauricio de Sousa Produções. Na revistas Lostinho-Perdidinhos nos Quadrinhos e no primeiro número da revista Saiba Mais, no entanto, é revelado que a primeira criação de Mauricio foi um personagem super-herói chamado "Capitão Picolé".

Junto dos desenhistas como Messias de Mello, Gedeone Malagola, Ely Barbosa e Júlio Shimamoto, integrou a Associação de Desenhistas de São Paulo, que tinha como bandeira reserva de mercado e da qual Mauricio chegou a ser presidente. Existia uma discussão no meio artístico que dividia os ilustradores: criar narrativas brasileiras ou aceitar a influência da cultura dos Estados Unidos na produção nacional, e Mauricio não se colocou em nenhum dos lados. Com a instalação da Ditadura Militar, saiu da associação, alegando que ela estava ganhando conotação política.

Em 1963, Mauricio de Sousa criou, junto com a jornalista Lenita Miranda de FIgueiredo, Tia Lenita, a Folhinha de S.Paulo. Sua personagem Mônica foi criada nesse ano. Antos dela, já havia criado o Cascão, em 1961. Criou a empresa Bidulândia Serviços de Imprensa, mais tarde chamada de Maurício de Sousa Produções, que atuava como um syndicate de distribuição de tiras de jornal.

Em 1970, decidiu lançar a revista da Turma da Mônica, chamada então de Mônica e sua turma. Em 1987, passou a ilustrar o recém-criado suplemento infantil d'O Estado de S.Paulo, o Estadinho, que até hoje publica tiras da Turma da Mônica. Mauricio montou uma grande equipe de desenhistas e roteiristas, e depois de algum tempo passou a desenhar somente as histórias de Horácio, o dinossauro.

De 1970 quando foi lançada a revista Mônica, com tiragem de 200 mil exemplares a 1986, as revistas de Mauricio foram publicadas na Editora Abril, porém a partir de janeiro de 1987 foram publicadas pela editora Globo, em conjunto com os estúdios Mauricio de Sousa. Após vinte anos de editora Globo, todos os títulos da Turma da Mônica passaram, a partir de janeiro de 2007, para a multinacional Panini, que detinha, na data, os direitos das publicações dos super-heróis da Marvel e DC Comics. O objetivo de Mauricio foi ampliar sua participação no exterior.

Em 2014 o escritor lançou um livro da Turma da Mônica com temática espírita, "Meu Pequeno Evangelho", inspirado no livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, uma das cinco obras básicas do Espiritismo.

Temas de Palestras:

- Cases de Sucesso
- Gestão de Pessoas
- Variedades e Curiosidades

Tipos de Trabalho:

- Educação / Educadores
- Empresários
- Escritores / Autores
- Cartunistas

AT 11-09