Celso Ming

TEMAS


Celso Ming



Iniciou carreira na Folha de S.Paulo, mas foi no Jornal da Tarde que ficou conhecido com a coluna Seu Dinheiro.

Passou por Veja e Exame e levou seus comentários econômicos a diversos programas de rádio e televisão. Escreve coluna diária em O Estado de S.Paulo que também é publicada na primeira página do portal do jornal. Em novembro de 2015, foi eleito entre os TOP 100 dos +Admirados Jornalistas Brasileiros.

Votação realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress. Em abril de 2016 passou a ser também blogueiro do Estadão.

Celso Ming nasceu em 1942. É formado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP).

Em 1966 começou no Jornalismo como repórter de Educação na Folha de S.Paulo. Em 1968, foi para a revista Veja, onde começou a trabalhar em Economia, com Roberto Müller Filho. Dois anos mais tarde, trabalhou na Exame.

Em 1974 foi para o Jornal da Tarde, com a missão de desmembrar o noticiário de Economia da editoria de Brasil. O objetivo era aproximar o noticiário econômico do dia a dia dos leitores.

A idéia evoluiu e Ming acabou criando, junto com Fernando Mitre, a partir de uma idéia de Luís Nassif, a coluna Seu Dinheiro, lançada em 20 de julho de 1981, da qual ele detém os direitos, e que se tornou o carro-chefe do Jornal da Tarde às segundas-feiras. Segundo dados de 1988, a coluna respondia por mais de 10% das vendas do JT às segundas.

Em 1982, começou a fazer programas de rádio, passando por várias emissoras de São Paulo. Em 1989 também era comentarista de Economia da rádio Eldorado e da TV Bandeirantes e colaborador da newsletter Negócios em Foco, lançada em outubro daquele ano.

Na televisão, foi comentarista de economia do programa Globo Rural e do TV Mulher, apresentado por Marília Gabriela, na Rede Globo. Também trabalhou na TV Record. Entre 1994 e 1998 foi comentarista econômico do programa Opinião Nacional, na TV Cultura.

Em fevereiro de 2007, Jornalistas&Cia comunicou a sua contratação como colaborador do Caderno de Economia do jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba, ao lado de Luís Nassif.

É comentarista da RedeTV e da rádio Estadão, além de escrever uma coluna diária em O Estado de S.Paulo e no portal Estadão.com, publicada na primeira página,: Coluna do Ming.

Venceu o Prêmio Destaque Redação Agência Estado 2012, na categoria Colunista. O Grupo Estado divulgou os ganhadores do prêmio interno, exclusivo para jornalistas do grupo, em janeiro de 2013.

Em setembro de 2015 Celso foi anunciado como um dos vencedores do Prêmio Comunique-se. A edição trouxe como temática Jornalismo: superação olímpica. Venceu na categoria Jornalista de Economia Mídia Escrita.

Dois meses após, em novembro de 2015, foi eleito entre os 'TOP 100' dos '+Admirados Jornalistas Brasileiros'. Votação realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress.

O portal do Estadão reforçou na primeira semana de abril de 2016 a sua equipe de bloqueiros. Entre os nomes dos colunistas, editorialistas, articulistas do jornal, ícones do jornalismo, está o de Celso Ming. Com 50 anos de jornalismo, 41 deles dentro das redações do Grupo Estado, Celso está desde 1968 no noticiário econômico. Assina as colunas do jornal há 13 anos (2016).

Sobre a novidade ele disse ao site do jornal Estadao.com que encara a tarefa como um desafio: Eu não tenho ideia clara do alcance do blog, disse, mas sei que é um canal com enorme capacidade de multiplicação. Considera que agora vai ter um espaço para análise e reflexão da economia e da política até porque hoje elas caminham juntas.

Temas das Palestras:

- Conjuntura nacional;
- Economia;
- Gestão de negócios;
- Moderador em debates.

AT 10-08