Wanderley Pires

Wanderley Pires

Wanderley Pires

TEMAS


Wanderley Pires



Wanderley Pires é médico com especialização em cardiologia, Clínica Médica e Medicina do trabalho. Realiza seminários e workshops para empresários, executivos e educadores.

 É consultor organizacional em qualidade de vida desde 1975, tendo se apresentado em mais de 400 organizações nacionais e internacionais e multinacionais. Foi Médico da HP do Brasil e da Telebrás por 17 anos e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas por 15 anos.

É autor dos livros “Qualidade de Vida”, “Dos Reflexos à Reflexão”e “Drogas, Existe uma Saída”.

Temas das Palestras

 Qualidade de Vida

Falar sobre Qualidade de Vida é um grande desafio, particularmente numa época em que a ansiedade e o estresse estão disseminados de forma epidêmica, sendo responsáveis pela maior parte dos males que afligem o homem moderno.

O ponto central da nossa palestra sobre Qualidade de Vida é um convite à reflexão sobre um fato inconteste:o ser humano só poderá encontrar a felicidade que tanto procura se assumir as rédeas do próprio destino e gerenciar com sabedoria o estilo de vida que está praticando. Esse tema continua sendo um dos mais solicitados e o livro Qualidade

de Vida, recomendado como leitura complementar das apresentações, já está na 6ª edição, com 70.000 exemplares.

Tópicos:

A força da imaginação

O Despertar Consciência

Humor, virose social de contágio imediato

Qualidade de vida como fator de produtividade

Felicidade como parâmetro de Qualidade de Vida

 Sub-títulos:

 Modelos mentais

 Na velocidade das mudanças

 Stress, herói ou vilão

 Por que fazemos o que fazemos

 Empreendedorismo Existencial

RESILIÊNCIA HUMANA (O mais novo e requisitado tema atualmente)

A resiliência é o paradigma de treinamento e desenvolvimento humano mais importante da atualidade. Considerado um verdadeiro "kit de sobrevivência" para enfrentarmos as adversidades do mundo ontemporâneo, esse know how chega ao Brasil, depois de largamente aplicado em diversos países da Europa e nos Estados Unidos.

 As organizações de vanguarda já perceberam claramente que para preservar seu potencial de inovação e criatividade necessitam de programas de suporte visando formar equipes resilientes, promovendo uma verdadeira "engenharia robusta" do seu capital humano.

A resiliência representa uma faceta proeminente da personalidade humana composta pensamentos e atitudes que podem e devem ser aprimorados durante toda a vida.

Essa peculiaridade despertou o interesse de poderosas organizações multinacionais como a ONU, a UNESCO e a WORLD HEALTH ORGANIZATION, sensíveis à necessidade de formar jovens equilibrados, flexíveis e resistentes, para intervir na sociedade de maneira positiva

Tópicos:

A força da imaginação

O Despertar Consciência

Humor, virose social de contágio imediato

Qualidade de vida como fator de produtividade

Felicidade como parâmetro de Qualidade de Vida

Motivação Humana

Em maior ou menor grau, todos os países do mundo enfrentam uma onda de desemprego. Na Era Industrial, a força humana foi sendo progressivamente substituída pela força das máquinas.

Na Era da Informática, máquinas inteligentes passaram a ocupar inúmeros postos de trabalho das mentes humanas.

Como conseqüência, muitos aceitam qualquer tipo de atividade para sobreviver e o trabalho está perdendo a centralidade na vida das pessoas como referencial de auto-estima.

Desmotivados pela mutilação da sua identidade pessoal, um grande número de trabalhadores considera o seu trabalho um mal necessário para ser feliz fora dele.

Motivar tais pessoas e aumentar a sua criatividade e produtividade tornou-se um dos maiores desafios dos novos líderes.

O que fazer? Punir ou recompensar? Como despertar numa equipe a motivação e o entusiasmo imprescindíveis para o sucesso no mundo empresarial moderno? Essa não é uma palestra motivacional e sim uma discussão sobre técnicas de motivação dirigida principalmente a líderes e gestores.

 Tópicos:

Motivos desmotivantes

Punindo com recompensas

A re-hierarquização dos valores

Floresça onde você está plantado

Disciplina, motivação e entusiasmo

Competência como fator motivacional

Inteligência Emocional

O gerenciamento das próprias emoções deixou de ser um diferencial competitivo para se tornar um fator de sobrevivência no mundo moderno. Num cenário de mudanças em que o conhecimento se multiplica vertiginosamente, o trabalho em equipe tornou-se fundamental e os incompetentes emocionais acabam vendo grande parte dos seus sonhos se transformarem em frustrações. A inteligência emocional pode ser aprendida e desenvolvida ao longo dos anos e, num futuro próximo, certamente fará parte de todos os currículos escolares pois é uma das características mais importantes do perfil do profissional do futuro.

Tópicos:

QI x QE

Miopia existencial

A estrutura da mente

Competência emocional

Sucesso, felicidade e sabedoria emocional

A região frontal do cérebro e o planejamento do futuro

Stress - Heroi ou Vilão?

Em maior ou menor grau, quase todos nós vivemos tensos e o stress já é considerado por muitos como um ingrediente próprio da velocidade da vida moderna.

No entanto, ele provoca inúmeras doenças e representa um dos principais fatores de absenteísmo, causando um prejuízo anual de cerca de 200 bilhões de dólares nos EUA.

O stress é indispensável à sobrevivência no mundo animal. Sem ele o ser humano não teria alcançado o sucesso e desenvolvimento que hoje desfruta.

Entretanto, a partir do momento em que o preço do nosso sucesso tornou-se alto demais, pois muitos estão pagando-o com a própria vida, o stress transformou-se de herói em um grande vilão que precisa ser vigorosamente combatido.

Abordando o tema de forma alegre e descontraída, o palestrante fornece um conjunto de ferramentas para a compreensão dos mecanismos estressores e para a prevenção e canalização do stress.

Tópicos:

A era da ansiedade

Preocupação, a memória do futuro

O altruísmo como prevenção do stress

Avalie seu nível de tensão em apenas 5 minutos

Gigantes intelectuais, mas pigmeus emocionais

Agressividade reprimida e doenças psicossomáticas

Mente , Emoções e Saúde

A escassez de tempo é marcante nos últimos anos. Estamos sempre atrasados para fazer alguma coisa ou chegar em algum lugar.

Nossas obrigações multiplicam-se a cada dia e precisamos nos desdobrar para realizá-las.

Mas, por definição, "um indivíduo é indivisível" e, ao sentir-se fragmentando, muitos começam a questionar:

Qual é o sentido de tudo isso?

Quais são os meus verdadeiros sonhos?

Desperdiçamos muito tempo com preocupações irrelevantes e mal percebemos a vida passar enquanto estamos alheios, com o pensamento voltado para o futuro, ou vasculhando as lembranças do passado.

Pensamentos negativos geram emoções negativas e estas são responsáveis pela maior parte dos problemas de saúde que afligem o homem moderno.

Esta palestra é um convite à participação ativa de todos no processo terapêutico, através de modificações abrangentes no seu estilo de vida.

Tópicos:

Por que fazemos o que fazemos ?

Razão, emoções e senso comum

Prazeres dos sentidos x prazer moral

A meta da evolução da espécie humana

Pessoas "imaginativas" e pessoas "acabativas"

Drogras Existe uma Saída

As drogas acompanham a humanidade desde o início da sua jornada na Terra.

Porém, nas últimas décadas, devido ao aumento explosivo do consumo e o desenvolvimento de substâncias químicas psico-ativas cada vez mais poderosas, as drogas já representam um dos maiores problemas de saúde, segurança e felicidade para toda a civilização.

Essa palestra tem sido realizada com grande sucesso em 3 formatações diferentes: dirigida a jovens, a pais e professores e a empresários e executivos.

O tema é muito requisitado para as SIPATs e o livro Drogas, existe uma saída, recomendado como leitura complementar, já vendeu 10.000 exemplares.

Tópicos:

De quem é a culpa?

Da ilusão à realidade

Subjugados pelo prazer

A química da compulsão

Nunca, é um tempo longo demais

Socorro, meu filho está se drogando

A Arte do Relacionamento

Nas últimas décadas, devido ao aumento exponencial do volume do conhecimento humano, a especialização e o trabalho em equipe tornaram-se condições determinantes para o sucesso no mundo empresarial.

Mas, com freqüência, o trabalho em equipe é fonte de tensões que sufocam a criatividade e comprometem o rendimento do grupo, pois as tensões despertam emoções primitivas que guardam relação com a sobrevivência dos indivíduos e não com atividades construtivas.

Nossos canais de comunicação são rapidamente bloqueados pelo medo e desconfiança. Compartilhar conhecimentos requer desarmar-se emocionalmente e ser generoso e receptivo, buscando realizar-se na realização do outro.

Essa palestra é uma proposta reflexiva para aprimorar nossas habilidades em trazer os outros para um convívio amigável de idéias e emoções, multiplicando as nossas chances de sucesso em qualquer empreendimento.

Sabemos que ninguém se tornará virtuoso apenas refletindo sobre o estilo de vida que está praticando. Mas é o primeiro passo para a implementação de mudanças de atitudes que tornarão as nossas relações muito mais enriquecedoras.

Tópicos:

Competência emocional

O feminino nas organizações

Um novo modelo de liderança

Convencendo, para juntos vencer

Realizando-se na realização dos outros

Relacionamento interpessoal e intrapessoal

Na Velocidade das Mudanças

O ser humano é produto de dois fenômenos que evoluíram lado a lado através dos milênios: a evolução biológica, regida pela seleção natural das espécies e a evolução cultural, pela prática das virtudes.

A morosidade dos processos biológicos estabeleceu um descompasso em nossas vidas: continuamos necessitando de estabilidade e segurança, enquanto somos forçados a conviver com a expansão cultural e a velocidade das mudanças.

Isso nos deixa ansioso, tensos e menos felizes. Definitivamente, o "velho homem" não está preparado para a "nova economia".

Desta forma, só nos restam duas alternativas: ou sucumbimos embasbacados com o canto ilusivo da sereia tecnológica ou desenvolvemos mecanismos psicológicos de defesa contra as pressões externas, compartimentando o nosso ser de forma a impedir que a mente, o corpo e o espírito sejam atingidos simultaneamente por um problema qualquer.

Em outras palavras, precisamos aprender a estabelecer voluntariamente novas conexões com o nosso sistema nervoso autônomo, por meio das quais nossos pensamentos conscientes possam ser postos a serviço do equilíbrio fisiológico e da tranqüilidade emocional.

A palestra "Na Velocidade das Mudanças" está se configurando como um guia eficiente para ajudar-nos a transitar com desenvoltura no ambiente de instabilidade do mundo moderno.

Tópicos:

A teia da vida

Aprendendo a aprender

A sociedade do conhecimento

Futuro, um lugar sem estradas

O mesmo homem e a nova economia