Mayra Abbondanza

TEMAS


Mayra Abbondanza



Mayra Abbondanza Abucham é engenheira de alimentos e cozinheira.

Filha dos fundadores da Vivenda do Camarão e se formou em engenharia de alimentos pela Escola de Engenharia Mauá nos anos 1990.

Foi estagiária na Kibon, a única grande empresa na qual trabalhou.

Com o ex-marido, morou em Nova York onde se formou chef de cozinha pela Culinary Academy of Long Island.

Sem permissão para trabalhar nos EUA, era assistente em um ateliê de design de bolos.

Foi um talento doméstico que moldou os rumos da sua vida profissional.

“Meus amigos notavam o modo como eu organizava cardápios na minha casa e sempre diziam que eu tinha que ajudá-los.”

Em 2008, já de volta ao Brasil, fundou a Dedo de Moça, misto de cozinha-escola e consultoria para ajudar famílias que queriam comer bem em casa. Mas ela tinha uma visão diferente de sua sócia sobre o futuro da empresa.

Mayra é autora do livro “O que fazer para meu filho comer bem?” e participou do reality show “Meu filho não come”, do programa Bem Estar, da TV Globo.

Trabalhou durante 5 anos na Dedo de Moça e atendendo famílias em domicílio, que desejam ter prazer de comer bem em casa, tendo já atendido mais de 500 famílias.

“Sempre quis criar projetos de impacto, mudar a realidade das pessoas"

Em 2013, fundou a Dedinho de Moça, que hoje se chama Mayra Abucham Consultoria de Alimentação Infantil. Os anos de consultoria colocaram Mayra em contato direto com mais de 500 famílias.

“Percebi como a chegada dos filhos é um momento muito bom para propor mudanças de hábitos”, conta Mayra, “e que as famílias precisam de muita informação neste período”.

Seu primeiro empreendimento para além da consultoria foi transformar suas dicas em um livro saboroso, O que fazer para o seu filho comer bem (Editora DBA), que está esgotado.

Como a oferta de livros sobre o assunto é cheia de traduções que não falam de ingredientes ou hábitos brasileiros, seu livro está na fila da primeira reimpressão.

“O que fazer para meu filho comer bem?”, primeiro livro de Mayra, é de 2013 e está esgotado.

No mesmo ano, a consultora foi convidada para apresentar uma série de 3 meses dentro do programa Bem Estar, na TV Globo, chamada Meu filho não come, onde mostrou a essência de sua proposta.

“O que faz uma criança comer melhor é colocá-la para dentro do processo”, ensina Mayra, que propõe trazer as crianças para a cozinha não esporadicamente — não para fazer bolo, mas para decidir sobre o cardápio, para escolher as frutas do lanche, para fazer o molho da salada. “O foco do meu trabalho é criar ferramentas para esta interação”, conta.

Assim nasceram projetos como as Oficinas de Degustação Maluca (eventos presenciais onde as crianças ajudam a preparar, por exemplo, arroz de várias cores, com legumes diferentes), a Banca de Frutas (um carrinho itinerante inspirado nas feiras-livre que leva sucos e frutas apresentadas de uma maneira atraente para festas infantis e eventos como o Slow Kids em São Paulo) e o aplicativo para celular Lanchinho Legal, que será lançado em 2015.

Hoje, aplica sua experiência multidisciplinar como consultora em alimentação infantil consciente para uma geração mais saudável, tanto para marcas ligadas ao universo culinário, como também para famílias.

"Acreditamos que o envolvimento da criança, por meio do apelo lúdico e do fortalecimento do vínculo afetivo, é determinante para o sucesso da alimentação infantil.”

Temas de Palestras:

-  Obesidade e/ou carência de nutrientes essenciais: desafios, dúvidas e controvérsias sobre a alimentação infantil e balanceada nos dias atuais”.
-  Trazendo as crianças para a cozinha
- O que vamos comer amanhã?
- Gastronomia
- Nutrição
- Alimentação infantil
- Da geladeira à lancheira
- O que fazer para o meu filho comer bem?
- Saúde