Maria Ribeiro

TEMAS


Maria Ribeiro



Maria Ribeiro nasceu no Rio de Janeiro no dia 9 de novembro de 1975. Já cursou jornalismo em universidade do Rio.

Iniciou sua carreira na TV em 1994, com uma participação na minissérie Memorial de Maria Moura.

No ano seguinte, participou da novela História de Amor, de Manoel Carlos. Ficou cinco anos afastada das novelas, fazendo participações, no entanto, emendou em sete peças de teatro: Confissões de Adolescente, Cabaré Filosófico, A Primeira Valsa, O Inimigo do Povo, Cabaré Filosófico 2 e Separações e Capitu.

Em 2001, retornou às novelas em A Padroeira. Em 2003, lançou seu primeiro trabalho como diretora no curta-metragem Vinte e Cinco.

Em 2004, se muda para RecordTV, onde trabalhou em telenovelas como a reedição de A Escrava Isaura em 2004, interpretando a bela Malvina, e também Luz do Sol, interpretando Zoé.

Fez também a jovem Ana Maria no filme Tolerância, dirigido pelo diretor gaúcho Carlos Gerbase.

No teatro, ja atuou em muitas peças. Em 2008 retornou aos palcos em Depois do Começo do Mundo vivendo Adalgisa. Em 2011, protagoniza a peça Deus é um DJ.

Em 2014, retornou à Globo, na novela das 21h, Império. No ano seguinte, lança seu primeiro livro titulado Trinte e Oito e Meio reunindo “crônicas, reflexões e desabafos” com textos autobiográficos .

Em 2017, juntou-se à atriz Carolina Dieckmann, sua amiga há mais de 20 anos, e ao músico Pretinho da Serrinha para montar o espetáculo Tryo Elétryco - Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é. Em 2018, a atriz estará na série do Netflix, O Mecanismo.

Como diretora, dirigiu o curta-metragem Vinte e Cinco, o documentário Domingos e a longa-metragem Los Hermanos - Esse É Só o Começo do Fim da Nossa Vida

Tipos de Trabalho:

- Mestre de Ceriônias
- Celebridades / Atores
- Cineasta
- Presença Vip
- Mestre de Cerimonias