Jout Jout - Julia Tolezano

Jout Jout - Julia Tolezano

Jout Jout - Julia Tolezano

TEMAS


Jout Jout - Julia Tolezano



Jout Jout se formou em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Começou a gravar vídeos para o YouTube em 2014 com a intenção de perder o medo das críticas, e em 2015 estourou com o vídeo 'Não tira o batom vermelho", onde aborda sobre relações abusivas e questões feministas. Julia e outros YouTubers participaram de uma campanha da marca de telefonia Vivo, e após as polêmicas com a operadora sobre limite de internet e cobrança dos fãs, Julia lançou um vídeo em seu canal explicando não fazer parte da decisão da Vivo.

Júlia lançou um novo vídeo que se tornou viral, a leitura na íntegra do livro "A parte que falta" de Shel Silverstein acumulou mais de 2 milhões de visualizações em três dias, disparando o número de inscritos no canal e tornando-se o vídeo mais assistido da YouTuber.

Em 2020, Júlia deu uma pausa em seu canal no YouTube. Durante o período, foi uma das embaixadoras no Brasil do programa YouTube Creators For Change que discute a educação de meninas, coordenado pela ex-primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama. No mesmo ano, JoutJout foi uma das mediadoras do documentário "Um Crime Entre Nós" do canal GNT, que denuncia a exploração sexual infantil no país. O documentário ainda conta com nomes como Dráuzio Varella e Luciano Huck.

Temas das Palestras:

- Empoderamento Feminino: A importância de reconhecer e entender o papel da mulher na sociedade e como isso beneficia e influencia a todos, mulheres e homens.

- Desmistificação de Tabus: Simplificando assuntos comumente considerados difíceis ou espinhosos.

- YouTube e Feminismo: Abrindo espaço para saudáveis discussões sobre o cotidiano e pautas feministas dentro da plataforma.

- Novas Formas de Comunicação: Como falar com 1 milhão de pessoas de dentro da sua cozinha.

AT 06-20