Andre Brazolin - O Anjo do Esporte

TEMAS


Andre Brazolin - O Anjo do Esporte



André Brazolin, começou a jogar aos 10 anos no Clube Pinheiro de São Paulo, onde atuou até aos 13 anos.

Foi neste período que começou a realizar um projetos sociais na comunidade Cidade Jardim em São Paulo, disponibilizando material esportivo as crianças carentes.

Por muitas vezes chegou a jogar basquete e futebol com os garotos e sempre os incentivou à ficarem longe dos crimes e das drogas.

Após o Pinheiro onde ganhou vários títulos e destaque nacional, preferiu enfrentar um desafio que foi jogar pelo Continental de Osasco que era um dos times mais fracos do campeonato e sem estrutura nenhuma, mas com a ida do Brazolin para esse time, ficou em 4° lugar no primeiro ano, e inclusive com atletas oriundos da FEBEM e carentes.

No segundo ano se consagrou como campeão estadual, pentacampeão brasileiro de seleções, convocado e capitão da seleção paulista de base e seleção brasileira até juvenil. Pelo Continental foi bi-campeão mundial do Cristal Palace em Londres (Inglaterra) onde se tornou MVP (jogador mais valioso do torneio mundial), sem nunca ter recebido um salário.

Após esse período se profissionalizou e atuou em clubes como Limeira, Franca, Joinville, Fluminense, Santo André, Corinthians-SP e Flamengo (atuando ao lado do Oscar Schmidt). Encerrando sua carreira em 2005 no clube Pinheiros aonde começou sua trajetória e com mesmo técnico Tácito.

Ao se despedir das quadras, Brazolin mudou-se para São Lourenço – MG, para administrar seu hotel e logo depois exerceu a função de Chefe de Esporte da cidade até em 2008, onde em parceria com a Prefeitura começou o Projeto Sonho de Liberdade o qual consistia em aplicar o esporte dentro do Presídio de São Lourenço.

Em 2010 expandiu seu projeto para outros da região, inclusive de Itajubá e logo após atravessou o estado e chegou em Volta Redonda-RJ.

Neste tempo colecionou várias história como do preso que furtou sua residência, inclusive levando o que ele tinha mais de valor que sua coleção de camisa dos clubes aonde atuou, mas ao saber quem era a vítima este preso devolveu as camisas e virou capitão em seu time.

Um outro preso em Itajubá conhecido como Diogão, melhor jogador do time, trabalhou em sua fábrica de blocos.

Existem outros várias histórias com Detentos em Caxambu onde o pai perdoo o criminoso.

Além do trabalho de ressocialização com o esporte, André Brazolin tem uma fábrica de blocos no Presídio de Itajubá do qual emprega cinco reeducandos, o quais recebem salários e remissão pelo dia de serviço.

O respeito e fanatismo são tanto que os presos não podem fumar quando estiverem praticando esporte e um ex traficante colocou o nome do filho de André Brazolin da Silva, em homenagem ao Brazolin, querendo que seu filho espelhasse nele. Os presos denominaram André Brazolin como Anjo do Esporte.

Clubes Que Atuou


1979/1982 Pinheiros – SP – Brasil

Profissionalizou-se em 1985 no Clube Continental.

- 1982/1988 Continental Parque Clube – SP – Brasil
- 1989 Monte Líbano – SP – Brasil
- 1990/1993 Limeira – SP – Brasil
- 1994 Franca – SP – Brasil
- 1995 Suzano – SP
- 1996 Joinville – SC
- 1997 Fluminense – RJ
- 1998 Limeira – SP
- 1999 Santo André – SP
- 2001 Corinthians- SP
- 2002/2003 Flamengo- RJ
- 2004/2005 Pinheiros – SP
- 2006 Macaé-RJ
- 2006 Pinheiros - SP

Defendeu a Seleção Paulista por sete anos e a Seleção Brasileira por cinco anos.

Títulos Conquistados

- Hexacampeão do Torneio Início – 1980, 1981, 1984, 1985 e 1986.
- Heptacampeão Paulista de Clubes – 1980, 1982, 1985 (em duas categorias), 1986, 1987, 1988 (em duas categorias) e 1989.
- Campeão Carioca - 2002/2003
- Pentacampeão Brasileiro de Seleções Invicto (32 Jogos).
- Tetracampeão dos Jogos Regionais de Clubes – 1990, 1991, 1993, 1996 e 1999.
- Tricampeão dos Jogos Abertos – 1991, 1992 e 1996.
- Pentacampeão Brasileiro de Seleções – 1985, 1986 (duas categorias), 1987, 1988 e 1989.
- Campeão Sul-Americano pela Seleção Brasileira – 1987.

Prêmios Individuais

- Recebeu o Prêmio de Melhor Jogador do Ano em São Paulo - 1981, 1982, 1983 e 1986 e 1989.
- MVP (Jogador mais valioso Juvenil) - 1989 – Londres – Inglaterra.
- Recebeu o Prêmio de Melhor Jogador do Campeonato Brasileiro de Seleções – 1986, 1987 e 1988.
- Recebeu o Prêmio Jogador Revelação no Paraná – 1986/1987.

Outras Atividades

- Ocupou o cargo de Secretário de Esportes dos municípios de São Lourenço (MG) e Caxambu (MG).
- Presidente Fundador do Instituto Brazolin – 2010.

Prêmios Recebidos Pelo Instituto Brazolin

- Super Cap de Ouro – São Paulo – 2011 e 2013; pelo desenvolvimento de projeto de ressocialização Sonho de Liberdade, desenvolvido com reeducandos.
- Medalha Getúlio Vargas – Volta Redonda – RJ – 2012; pelo projeto de ressocialização Sonho de Liberdade, desenvolvido com reeducandos.
- Homenagem do Jornal Gazeta de Pinheiros – São Paulo – 2012 e 2013; pelo projeto Cesta de Três, desenvolvido na APAE.
- Homenagem da Câmara Municipal de Itajubá (MG) e da Câmara Municipal de Volta Redonda (RJ) – 2012; pelo trabalho desenvolvido pelo Instituto Brazolin.
- Troféu Joinha da emissora SBT – 2013; pelo projeto desenvolvido com crianças, jovens e reeducandos.
- Homenagem da SEDS – SECRETARIA DO ESTADO DA DEFESA SOCIAL – MG – 2011, 2012 e 2013, pelo trabalho desenvolvidos com reeducandos.
Troféu Imprensa de São Lourenço (MG) – 2013 e 2014.

Tema de Palestras

- Acredite no Sonho
- Você Consegue
- A Força do Esporte

AT 09-08