Dr. Protásio Lemos da Luz - Cardiologista

Dr. Protásio Lemos da Luz -  Cardiologista

Dr. Protásio Lemos da Luz - Cardiologista

TEMAS


Dr. Protásio Lemos da Luz - Cardiologista



Protásio Lemos da Luz, formou-se em Medicina em 1965, pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná, onde também fez dois anos de Residência em Clínica Médica. Em 1968 fez o Curso de Especialização em Cardiologia, na Universidade de São Paulo.

Entre 1971 e 1972 foi Post-Graduate Fellow no Instituto de Medicina Intensiva, da University of Southern Califórnia, Los Angeles. Entre 1973 e 1976 foi Research Scientist no Cedars - Sinai Medical, da UCLA. Em 1972 defendeu Tese de Doutoramento na USP com o título ''Parâmetros Metabólicos e Hemodinâmicos no Infarto Agudo do Miocárdio: Importância Prognóstica''.

Durante seu treinamento nos EUA seu interesse inicial em pesquisa foi em índices prognósticos em choque cardiogênico, pressão coloidosmótica e edema agudo de pulmão, monitorização hemodinâmica à beira-do-leito e ressuscitação cardiopulmonar. Ao mudar-se para o Cedars investigou especificamente conseqüências metabólicas e hemodinâmicas da oclusão coronária aguda, bem como os meios farmacológicos ou hemodinâmicos, de proteção ao miocárdio agudamente isquêmico.

Participou da primeira descrição do miocárdio hibernado, em cães. Em 1976 retornou ao Brasil e conquistou o título de Professor Associado de Clínica Médica, pela USP, com a Tese ''Miocárdio Isquêmico: estudos sobre função mecânica e metabolismo''. Em seguida iniciou atividades na Divisão de Experimentação do InCor-USP.

Montou um laboratório de pesquisa animal devotado inicialmente a prosseguir os estudos sobre fisiopatologia do miocárdio isquêmico e os mecanismos capazes de preservar sua viabilidade. Logo seu interesse incluiu também aterosclerose; foram então implementados modelos apropriados e investigados mecanismos para preveni-la. Estudos sobre função endotelial em aterosclerose e reatividade vascular em humanos também são de seu interesse e do seu grupo, e tem merecido publicações sistemáticas. Estudos em aterosclerose, experimental e humana, constituem ainda o foco principal de suas pesquisas.

Entre 1991 e 1998 desempenhou as funções de Chefe da Divisão de Clínica do InCor. Atualmente é Diretor da Unidade Clínica de Aterosclerose do mesmo Instituto. Como tal coordena atividades clínicas, pesquisas clínicas e experimentais e exerce atividades didáticas a nível de pós-graduação.

É Membro Titular do Conselho Diretor do InCor e do Conselho da Fundação E.J.Zerbini. É Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Cardiologia, da USP. Atuou em várias Comissões da Sociedade Brasileira de Cardiologia e da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo.

Presidiu esta última e também presidiu a Sociedade Brasileira de Investigação Clínica. É Fellow do American College of Cardiology e Membro Titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. É autor/co-autor de aproximadamente 180 trabalhos científicos nacionais e internacionais, além de mais de 30 capítulos de livros.

Tipos de Trabalhos

- Escritores / Autores
- Qualidade de Vida
- Saúde