Petrônio Gontijo

Petrônio Gontijo

Petrônio Gontijo

TEMAS


Petrônio Gontijo



Petrônio Gontijo de Alvarenga é um ator. Em 1991, estreia na TV com convite para protagonizar a novela Salomé, na Rede Globo ao lado de Patrícia Pillar e teve que ir para o Rio de Janeiro. Após o folhetim, participou de Olho no Olho em 1993, Pátria Minha em 1994 e Malhação em 1995. Em 1996, transfere-se para o SBT, onde faz Razão de Viver e Os Ossos do Barão. Em 1998, protagoniza Serras Azuis na Rede Bandeirantes ao lado de Adriana Londoño. Em 1999, retorna a Globo onde interpreta Padre Alexandre em Malhação. Em 2000, vai para a Rede Record interpretar o personagem Zé em Vidas Cruzadas.

Em 2001, volta ao SBT e estrela ao lado de Bianca Rinaldi a novela Pícara Sonhadora, além de fazer uma participação em Marisol e o vilão de Seus Olhos. Devido ao personagem, Petrônio aceitaria o convite para retornar à Rede Record em 2005, onde ficou até 2010, participando de Essas Mulheres, Cidadão Brasileiro, Luz do Sol, Os Mutantes: Caminhos do Coração e Poder Paralelo. Em 2011, volta à Rede Globo para interpretar o advogado mulherengo Beto Fischer em Insensato Coração, porém, ao encerramento da novela, o ator não teve seu contrato renovado pela emissora. Ainda em 2011, retorna à Record e faz o especial O Madeireiro. No ano seguinte, vive o psiquiatra Décio Navarro de Máscaras, em 2014, volta à TV nas séries Milagres de Jesus e Conselho Tutelar. Em 2015, interpreta Arão na novela Os Dez Mandamentos.

Em 2016, junto com os colegas da novela, foram nomeados Personalidades do Ano pela revista Gente na Argentina pelo sucesso de Dez Mandamentos e confirmado na terceira temporada de Conselho Tutelar para 2017. Em 2017, o ator foi convocado para fazer o bispo evangélico Edir Macedo, no filme Nada a Perder, que estreou em março de 2018, e continua em cartaz nos cinemas de todo o Brasil até o final de abril. O longa-metragem conta a história do líder, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e também proprietário da RecordTV.

Prêmios:

1997 - Troféu APCA - Melhor Ator
1998 - Prêmio Qualidade Brasil - Melhor Ator
2001 - Academia Brasileira de Arte e História - Honra ao Mérito
2004 - Câmara Municipal de São Paulo - Melhor Ator

Tipos de Trabalhos:

- Celebridades / Atores
- Mestre de Cerimônias 

AT 10-09