Nelson Motta

TEMAS


Nelson Motta



Nelson Cândido Motta Filho é um jornalista, compositor, escritor, roteirista, produtor musical, teatrólogo e letrista brasileiro. 

É autor de mais de 300 músicas e entre os seus parceiros estão Lulu Santos, Rita lee, Ed Motta, Cidade Negra, Guilherme Arantes, Dori Caymmi, Erasmo Carlos e a banda Jota Quest. Produziu espetáculos de artistas como Elis Regina, Marisa Monte e Gal Costa.   

É o autor de sucessos musicais como Dancing Days, Como uma Onda, Coisas do Brasil e da canção de final de ano da Rede Globo, "Um Novo Tempo".   

Em 1996, venceu a fase nacional do Festival Internacional da Canção, com sua canção Saveiros, interpretada por nana Caymmi. Participou da bossa nova junto com nomes como Edu Lobo e Dori Caymmi. Ajudou no desenvolvimento do rock brasileiro, através de seu trabalho como jornalista em O Globo e no programa Sábado Som, pela Rede Globo. No final da década de 1980 foi responsável pelo lançamento de Marisa Monte e pela produção do festival Hollywood Rock. Idealizou e formatou programas como Chico e Caetano e Armação Ilimitada. Fez palestras nas Universidades de Harvard, Oxford, Roma e Madri e em quase todas as capitais brasileiras.   

É autor de mais de trezentas músicas. Autor de sucessos musicais como Dancing Days, Como uma Onda, Coisas do Brasil, bem que se quis, primeiro sucesso de Marisa Monte, além da canção de final de ano da Rede Globo, Um Novo Tempo, com Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle. Motta já dirigiu espetáculos no Brasil e no exterior e produziu discos de grandes astros e estrelas da MPB tais como Elis Regina, Marisa Monte, Patrícia Marx, Gal Costa, Daniela Mercury, dentre outros.   

Foi diretor artístico da gravadora Warner Music, produtor da Polygram e também participou do programa Manhattan Connection, com Lucas Mendes e Paulo Francis, entre 1992 e 2000.   

Escreveu os best-sellers Noites Tropicais e Vale Tudo - O Som e a Fúria de Tim Maia, que, juntos, venderam mais de trezentas mil cópias, seus romances Ao Som do Mar e À Luz do Céu Profundo, O Canto da Sereia e Bandidos e Mocinhas, além do livro de histórias Força Estranha, que mistura ficção e realidade, permaneceram na lista dos livros mais vendidos por semanas. Também escreveu Nova York é Aqui, Memória Musical, dentre outros.   

Com roteiro de Nelson Motta a peça Tim Maia, O Musical, baseado na biografia do autor sobre a vida de Tim Maia, tornou-se o maior fenômeno de bilheteria teatral em 2011.  Em outubro de 2011 lançou A Primavera do Dragão, biografia de Glauber Rocha, que narra sua vida até os 24 anos. Foi colunista dos jornais Última Hora. O Globo e Folha de S.Paulo. Desde 2009 escreve colunas semanais no jornal O Globo.  

Nelson apresenta também uma coluna semanal, no Jornal da Globo, sobre cultura e comportamento. Em 2011 foi ao ar na Globo News a segunda temporada da série Nelson Motta Especial, com dez programas, cada um com cinco crônicas sobre arte e cultura. O jornalista apresentou o programa musical diário Sintonia Fina até 2011 em várias rádios do país.  

Foi corroteirista, da minissérie O Brado Retumbante, de Euclydes Marinho, e no segundo semestre de 2012 teve seu livro O Canto da sereia adaptado e transformado em microsséries, ambos na TV Globo. A GRCES Uirapura da Mooca o homenageou em 2013 com o enredo Nelson Motta  

Em 2014 Nelson celebrou seus setenta anos com o lançamento do CD Nelson 70, com músicas de sua autoria interpretadas por nomes da MPB como Lenine, Marisa Monte, Ana Cañas, Silva, Gaby Amarantos dentro outros, lançou também o livro As Sete Vidas de Nelson Motta, uma compilação de crônicas escritas durante sua carreira como jornalista, e o documentário Nelson 70, exibido pelo Canal Brasil.   

Nelson ganhou o Prêmio APCA 2014 na categoria Música Popular e o Prêmio faz diferença 2014. Em 2016, foi homenageado no Grammy Latino, e lançou 101 canções que tocaram o Brasil, traçando uma história da música do país. 

Histórico da Palestra:

Em 2000, retornando ao Brasil depois de nove anos morando em NY para lançar o livro Noites Tropicais, Nelson Motta passou a ser constantemente convidado para ministrar palestras sobre a história da MPB. De lá para cá foram mais de 100 palestras ministradas e mais de 25 mil ouvintes em eventos realizados em centros culturais, universidades, auditórios de empresas, no Brasil e no exterior, com destaque para as palestras realizadas em Harvard (na School of Brazilian Studies), em Madrid (na Casa de España), e ainda em Roma e em Lisboa, sempre com imenso sucesso e excelente resposta de público. Além de ter ministrado a palestra em Oxford (Inglaterra), no Center for Brazilian Studies.

Nesse período a palestra foi se aperfeiçoando e evoluindo para se transformar numa verdadeira viagem, com projeção de fotos e trechos de músicas marcantes que ilustram de forma prazerosa e estimulante todos os períodos da formação da nossa música popular, traçando paralelos com os acontecimentos políticos e sociais mais importantes de cada época. Nelson consegue, através de uma visão humana e pessoal, transportar os ouvintes para dentro da história e fazê-los entender a força que a cultura pode ter na definição dos rumos de um País.

Temas de Palestras:

- Histórias do MPB
- Cases de Sucesso

Tipos de Trabalhos:

- Escritores / Autores
- Jornalistas
- Mestre de Cerimônias
- Presença Vip
- Apresentadores

AT 10-09