Paulo Gustavo

TEMAS


Paulo Gustavo



Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros é um ator e humorista, mais conhecido pelo monólogo Minha Mãe é Uma Peça, no qual acabou conhecendo seu marido, Thales Bretas, que em 2013 virou um longa-metragem, e tornou-se o filme mais assistido do ano no Brasil, e em 2014 foi publicado como um livro.

Indicado ao "Prêmio Shell" de Melhor Ator, Paulo Gustavo se formou na Casa de Arte das Laranjeiras no início de 2005, junto com Fábio Porchat, Marcus Majella, entre outros.

Paulo Gustavo ganhou visibilidade no final de 2004 quando integrou o elenco da peça "Surto". Na ocasião, apresentou a personagem humorística Dona Hermínia. Após sua formatura, em janeiro de 2005, deixou o elenco de "Surto" e passou a integrar a peça "Infraturas". Em 2006, estreou o espetáculo "Minha Mãe É Uma Peça", que ganhou uma adaptação para o cinema em 2013 e uma continuação em 2016. No monólogo, com texto de sua autoria, Gustavo volta a interpretar Dona Hermínia. Construída através de suas observações domésticas e vivenciais, ela reúne os aspectos mais cômicos da personalidade de uma típica dona de casa de meia idade, sempre à beira de um ataque de nervos. Sua atuação lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Shell de melhor ator.

Paulo Gustavo voltou a protagonizar um título novamente nos palcos em 2010, para apresentar o espetáculo "Hiperativo", dirigido por Fernando Caruso. Em 2011 ele tornou-se o apresentador do 220 Volts. Em junho de 2013 estreou na produção para TV, o sitcom "Vai que Cola", no Multishow, que ganhou uma adaptação para o cinema em 2015. Em 2014, o ator esteve em um novo programa, o reality Paulo Gustavo na Estrada, do Multishow.

Em 2017 deixou o Vai que Cola e entrou no programa A Vila, junto com Katiusca Canoro, com o roteiro de Leandro Soares. Em 2018, gravou o dvd da peça "Minha Mãe é uma Peça" na Concha Acústica do Teatro Castro Alves na cidade de Salvador.

Tipos de Trabalhos:

- Presença Vip
- Peças Teatrais - Humor
- Stand up / Humorista

AT 10-09