Bruno Motta

TEMAS


Bruno Motta



Bruno Motta de Lima é um humorista, ator e redator brasileiro. Apareceu como um dos nomes da geração da comédia stand-up no Brasil, sendo um dos responsáveis pela criação e redação do Furo MTV, também conhecido por apresentar o Improvavel e por ter passado pelo elenco do último ano do Pânico na Band, principalmente nos quadros "MasterTrash" e "Tá no Lar".

Desde cedo se dedicou a comunicação, fazendo além de teatro, jornal e eventos dos colégios por onde passou - como o FESTIN, (Festival de Teatro Intercolegial) que teve 9 edições. Estudou sempre em escolas públicas, como o Colégio Pandiá Calógeras e Colégio Marconi, bastante conhecidos na capital mineira. Embora não tenha cursado escolas de teatro, muito cedo se profissionalizou para estar em cartaz oficialmente com os espetáculos que montava com a turma do colégio.

Graduado em Publicidade e Propaganda na PUC/MG em 2003 e após trabalhar na Disney num programa de intercâmbio em 2006/2007 (especificamente no Star Tours, atração do Disney's Hollywood Studios) se muda para São Paulo, onde se naturaliza, seguindo carreira profissional como comediante, improvisador e redator.

Como humorista stand up tem por temas favoritos TV, notícias e neuroses urbanas. No começo da carreira dividiu uma temporada de shows com José Vasconcelos, logo após ter sido um dos ganhadores do Prêmio Multishow como quinto colocado.

Ficou nacionalmente conhecido ao realizar uma maratona para um Recorde Mundial fazendo um show de mais 38 horas. Integrou o elenco de shows como o Comédia em Pé e participou como improvisador nos espetáculos Improvável, ImproRiso e Finalmente Tudo.

Na TV participou de programas como Altas Horas, Danilo Gentili (Band e SBT) e Jô Soares, tendo curtíssima passagem pela Escolinha do Prof. Raymundo, com Chico Anysio . É um dos criadores do Furo MTV (2009), onde também atuou como redator final, colunista e apresentador.

De 2011 a 2012 foi comentarista do Jornal da Record News, função que também desempenhou brevemente em 2015 no Notícias da Manhã, no SBT. Integrou o elenco do último ano do Pânico na Band, principalmente nos quadros "Tá no Lar" e "MasterTrash".

Escreveu as comédias teatrais "Nany People Salvou Meu Casamento" (Teatro Brigadeiro/SP), "Querido, Vou Posar Nua" (Teatro Sesc Palladium/BH) e os textos e esquetes de "Finalmente Tudo" (Teatro Folha/SP), entre outras.

Em 2013 ingressou na Globo no núcleo de criação de Cláudio Torres Gonzaga, com quem também trabalha na redação do programa de Tom Cavalcante Dra. Darci, em 2018.

Em 2014 foi escolhido como apresentador do The Soup e passou a estrelar o espetáculo "1 Milhão de Anos Em Hora", de Colin Quinn e Jerry Seinfeld em versão brasileira de Marcelo Adnet.

Atualmente apresenta na internet duas vezes por semana desde 2018 o "Diario Semanal", programa que mistura humor e notícias gravado ao vivo com platéia, recebendo convidados como Fábio Porchat, Murilo Couto, Gustavo Mendes, Igor Guimarães e muitos outros.

Seus Trabalhos:

São dois espetáculos disponíveis para a contratação:

- O POCKET SHOW - Para hotéis, festas e eventos diversos:

Um gênero cada vez mais em vogal, a comédia stand up privelegia o humorista de cara limpa, um microfone e o pedestal. Segundo a Folha de SP: "Cena Teatral abraça Comédia Stand Up - Gênero com único ator no palco cresce ao encontrar formato no Brasil." Não há como negar: a comédia stand up veio pra ficar. Estão os exemplos de Jerry Seinfeld, cujo show de TV teve o intervalo mais caro da história ou a longevidade da carreira de Jô Soares. E Bruno Motta é um dos mais genúinos representantes desse gênero, desde o Prêmio Multishow de Bom Humor, em 98, sendo recentemente destaque das revistas Época e Seleções do Readers Digest.

Além de exercitar o estilo stand up de fazer comédia, o humorista traz observações e tiradas criadas para envolver a platéia numa grande brincadeira construída cenicamente. O Pocket Show é ideal para contratação em hotéis, festas particulares e eventos diversos.

- O MANUAL DO HUMOR - O WorkShow especial para empresas:

Um novo conceito a disposição dos contratantes, o workShow "Manual do Humor" é uma divertida paródia das palestras que geralmente são apresentadas para os funcionários. O humorista brinca com alguns conceitos, como "Qualidade" ou "Marketing X Engenharia", enquanto apresenta engraçadas histórias de comédia stand up mescladas com algumas piadas escolhidas especialmente para o ambiente de trabalho.

A empresa tem a sua disposição os diversos temas que podem ser abordados, fazendo cada edição do workShow única, exclusiva e montada especialmente para o contratante. Dependendo do número de participantes, todos recebem de brinde exemplar do livro de bolso MANUAL DO HUMOR.

O workShow é um produto de entretenimento e não tem, de maneira alguma, a prentensão de resolver os problemas abordados ou mesmo ensinar caminhos. Porém, através dessa abordagem, fazer rir sobre eles. E rindo, as pessoas refletem sobre o assunto, eem primeiro lugar, acabam descobrindo o prazer e o poder do bom humor no trabalho.

Tipos de Trabalho:

- Celebridades / Atores
- Humoristas / Stand up
- Mestre de Cerimônias
- Apresentadores
- Presença Vip

AT 10-09