Etiqueta empresarial




Etiqueta empresarial

As pessoas hoje, claro, são contratadas pela competência, currículo, aquela coisa toda. Mas 70% das demissões acontecem por atitudes inadequadas, posturas inadequadas.

Claramente ter um bom currículo é essencial para que consiga um novo emprego, porém, há algo que poucas pessoas conhecem ou se atentam durante entrevistas, ou, até mesmo, em seu ambiente de trabalho, que seria a postura profissional.

A etiqueta se resume no conjunto de normas de conduta para determinadas ocasiões, ou seja, são regras para serem aplicadas no nosso cotidiano, assim como no ambiente de trabalho. Ela não se concentra apenas na forma como o profissional se veste, mas também na postura, em uma comunicação adequada, pontualidade, discrição e decoro.

Não se manter nas regras de etiqueta e ser totalmente inadequado, consequentemente, causará sua demissão, portanto, mantenha-se atento. Que tal começar fazendo uma autoanálise comportamental para entender qual caminho você está seguindo?

1º) Vestimenta

Usar roupas adequadas é a principal forma de se manter na etiqueta empresarial. Se sua empresa não disponibiliza uniforme, tente entender o código de vestimenta que ela segue, algumas empresas permitem roupas despojadas, enquanto outras utilizam roupas mais formais.

Tente evitar roupas justas, curtas e decotadas, maquiagens pesadas e exageros com perfumes. Uma dica importante: deixe a camiseta do seu time favorito para usar em seus fins de semana, nunca no trabalho.

2º) Pontualidade

Atrasos e esperas podem ser considerados como desrespeito, esteja sempre atento para não se atrasar para reuniões, eventos e, claro, em seu dia a dia.

Todos sabemos que imprevistos sempre acontecem, mas devem ser uma exceção. Tente se organizar o máximo que consiga para não haver atrasos.

3º) Tecnologia

Esteja atento à forma como sua empresa encara a tecnologia, como por exemplo, as normas com smartphones.

Se sua empresa proíbe o uso de celulares, é preciso deixá-lo de lado e utilizá-lo somente para atender chamadas de emergência.

O mundo virtual também pode ajudar ou prejudicar, de acordo com Claudia Matarazzo, jornalista e palestrante de etiqueta. Algumas empresas podem encontrar em redes sociais declarações polêmicas ou, até mesmo, em meio a uma postagem, mesmo que antiga, motivos para demissão por justa causa. Fique atento para não agir de maneira inadequada.

4º) Postura

Tenha respeito com cada colega de sua companhia, não importa seu cargo. Compartilhe conversas amigáveis e limite-se por não fazer brincadeiras que ofenda qualquer pessoa.

Esteja sempre atento e siga as pequenas regrinhas à risca para que sua conduta seja de sucesso, desde a sua entrevista, até a rotina no seu ambiente de trabalho. Lembre-se, os pequenos detalhes fazem de você o que você é!

 

Fonte: Claudia Matarazzo


Juan Jensen

Juan Jensen

Economia Cenário Nacional e Internacional